HRPM renova Acreditação ONA 1 e inicia busca pelo nível 2

HRPM renova Acreditação ONA 1 e inicia busca pelo nível 2

O Hospital Regional Público do Marajó (Breves / PA) renovou o certificado nível 1 da Organização Nacional de Acreditação (ONA). A certificação, realizada pelo Instituto Qualisa de Gestão (IQG), avalia e comprova critérios de segurança do paciente e qualidade do atendimento. Nova avaliação será realizada em outubro.

Diante do aumento de casos das variantes da Covid-19, a manutenção foi realizada através de vídeo conferência, com o Instituto Qualisa de Gestão (IQG), ocorrendo a recomendação de certificação acreditado do nível I da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Uma nova avaliação será realizada em outubro deste ano.

Sem esconder a satisfação pela manutenção da cerificação ONA I, a diretora Executiva do HRPM, Rejane Xavier, agradeceu cada colaborador pelo empenho e dedicação ao oferecer uma assistência cada mais de qualidade e segura. “É com imensa satisfação que comunicamos a manutenção da certificação ONA I do HRPM com louvor e sem pendências Queremos parabenizar a todos, pois é um trabalho de equipe feito a muitas mãos. Agradecemos ainda o apoio da Sespa para a oferta de um atendimento seguro e humanizado aos nossos usuários SUS. Parabéns para todos nós e vamos juntos rumo a ONA II”.

O Regional do Marajó é referência em média e alta complexidade para uma população estimada em 300 mil habitantes de sete municípios, vinculados ao 8º Centro Regional de Saúde (8º CRS), composto por Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

O HRPM é um órgão do governo do estado, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A unidade presta assistência de média e alta complexidade para uma população de aproximadamente 300 mil habitantes que compreende os municípios vinculados ao 8º Centro Regional de saúde (CRS), que é composto por Breves, Anajás, Bagre. Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do HRPM).