Centro de Reabilitação, em Belém, avança no atendimento e expande assistência terapêutica para família de usuários

Centro de Reabilitação, em Belém, avança no atendimento e expande assistência terapêutica para família de usuários

(29/7/2019) O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR) vai passar a oferecer assistência terapêutica aos Pais das Pessoas com Deficiência (PcD) assistidas pelo Centro, a partir de agosto deste ano. Essa foi uma das melhorias resultantes da reunião de gestão compartilhada, realizadas mensalmente para ouvir os Usuários no intuito de aprimorar cada vez mais o atendimento e fortalecer a relação com a instituição.

De acordo com o Diretor Executivo da Unidade, José Neto, a família é pilar de inclusão para adesão ao tratamento dos Usuários e continuidade das terapias em ambiente familiar. “É uma ação revolucionária do CIIR nos últimos 12 meses ao disponibilizar atenção aos familiares de PcD, inclusive, com atendimento especializado. Isso será um marco na evolução do tratamento também aos usuários, porque seus familiares com boa saúde, poderão oferecer um melhor cuidado aos pacientes”, observou o gestor, ao informar que a reunião é realizada toda última sexta-feira do mês, no auditório do CIIR.

Durante o encontro todos podem dar sugestões, fazer elogios, reclamações e trocar experiências com a gestão, que também repassa informações importantes sobre as discussões aos terapeutas, em benefício dos Usuários e seus acompanhantes. A reunião de gestão compartilhada é uma ação resultante das boas práticas assistenciais.

Benefícios resultantes da ação- O projeto “Gestão Compartilhada” deu início em dezembro e, de lá para cá, vários benefícios já foram proporcionados, entre eles a aquisição de 25 carrinhos de bebê para auxiliar o trânsito de acompanhantes com crianças com deficiência, o que garante mais segurança e agilidade no deslocamento do usuário.

Outro importante resultado foi a redução do tempo de espera para consultas ambulatoriais para várias especialidades, por meio da subdivisão das consultas médicas, durante a semana e a contratação de mais profissionais na área da assistência.

A mais recente conquista foi a implantação de uma lanchonete inclusiva com alimentação saudável e com preço acessível. O mais novo espaço funciona às margens da Baia do Guajará, em ambiente claro, confortável e com oferta de alimentação com produtos hipoalergênico (com menores chances de causar alergia), sem glúten, tendo em vista a grande quantidade de usuários com desenvolvimento de alergias, especialmente, os autistas.

Dia de Herói- Paralelamente à reunião compartilhada, realizada na sexta-feira, 26, colaboradores e usuários vivenciaram mais um “Dia de Herói”, onde todos que frequentam o espaço podem vestir a fantasia do seu personagem predileto.

O projeto é coordenado pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) com o intuito de explorar a ludicidade no corpo funcional do CIIR para tornar o atendimento aos usuários mais leve e divertido.

De acordo com a vice-coordenadora do GTH, Ana Marceliano, o “Dia do Herói” é uma ação de humanização do atendimento para tornar o cotidiano do trabalho, que muitas vezes é estressante, em um processo mais leve e divertido tanto para os colaboradores como para os usuários.

Estrutura – O CIIR oferece, em um único complexo, atendimento para pessoas com deficiência física, mental, intelectual, auditiva e visual para usuários de todas as faixas etárias. São diversas especialidades, tecnologias e estrutura de última geração, associadas à qualidade, segurança e humanização destinadas 100% aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Atendimento – Os usuários podem ter acesso aos serviços por meio de encaminhamento das Unidades de Saúde, acolhido pela Central de Regulação de cada município, que por sua vez encaminhará à regulação Estadual, onde o pedido será analisado conforme perfil do usuário, através do Sistema de Regulação. É importante ressaltar que não há atendimento espontâneo ou qualquer tipo de inscrição ou cadastramento no CIIR.

Serviço: O CIIR funciona na Rodovia Arthur Bernardes, 1.000. Outras informações: 4042-2157/58/59.

(Texto: Vera Rojas – Ascom).