CIIR: Casa Funcional e Jardim Sensorial ampliam autonomia de pessoas com deficiência

CIIR: Casa Funcional e Jardim Sensorial ampliam autonomia de pessoas com deficiência

O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (Belém / PA) inaugurou no dia 10 de dezembro dois ambientes terapêuticos para incentivar a independência e autonomia de pacientes com autismo: a Casa Funcional e o Jardim Sensorial, entregues pelo governador do Pará, Helder Barbalho, e pela Secretaria do Estado de Saúde Pública.

As instalações, criadas a partir de estudos técnicos baseados em práticas com evidências científicas para o autismo pelas equipes da Coordenação Estadual de Políticas para o Autismo da Sespa e técnica do CIIR. Assim podemos ampliar equipamentos e estruturas para melhorar, cada vez mais, a parte sensorial, o estímulo, os costumes e adaptações para a vida dessas pessoas”, afirmou Barbalho.

Para ingressar na Casa Funcional, o paciente passa por triagem feita pela equipe multiprofissional, que leva em consideração habilidades e a idade.

Autonomia – A titular da Coordenação Estadual de Políticas para o Autismo, Nayara Barbalho, ressaltou a importância de o governo do Estado ampliar a assistência, com a entrega desses serviços. “Para uma pessoa comum, amarrar um tênis, utilizar um eletrodoméstico, pode parecer simples. Mas para pessoas com autismo, não é. Nós estamos entregando a Casa Funcional, que vai auxiliá-los a ter mais autonomia na vida”, disse a coordenadora.

A psicóloga Clínica do NaTEA, Isabela Cabral, explicou a dinâmica da assistência que será oferecida diariamente a cinco usuários, em horários pela manhã e à tarde. “Vamos trabalhar as atividades de vida diária, como vestir, comer, escovar os dentes, fazer a barba. E as atividades instrumentais da vida diária, como cozinhar, lavar roupas e higiene pessoal. Vamos focar no autocuidado, para estimular habilidades e autonomia. Vamos trabalhar também atividades socioemocionais, como compreensão e empatia”, informou a profissional.

Segundo a diretora executiva do CIIR, Paola Reyes, a inauguração da Casa Funcional e do Jardim Sensorial é mais um passo em direção à melhoria da assistência às Pessoas com Deficiência. A Casa Funcional é um espaço que será usado para jovens e adultos com transtorno do espectro autista, enquanto o Jardim Sensorial será utilizado para terapias com usuários do Centro Especializado de Reabilitação (CER IV) e NaTEA. A área apresenta vários espaços de terapia, incluindo horta, bosque dos sentidos, sementeira e composteira.

Casa e Jardim – A Casa Funcional atende grupos de usuários com TEA a partir dos 12 anos, enfatizando o ensino por meio de atividades diárias e independentes, além de habilidades socioemocionais a partir do interesse e dos objetos de cada usuário. O atendimento na Casa começou em maio deste ano, e hoje conta com 40 participantes.

O Jardim Sensorial visa promover o contato com a natureza, bem como a interação e estimulação sensorial em espaços com plantas, que estimulam os sentidos da visão, audição, tato, olfato e paladar. Outro objetivo é fortalecer o vínculo entre usuários, responsáveis e terapeutas.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do CIIR).