CIIR: transplante dental melhora qualidade de vida de usuários

CIIR: transplante dental melhora qualidade de vida de usuários

O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (Belém / PA) possui o serviço de transplante dental para os usuários da unidade, por meio do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da unidade. O transplante autógeno, diferentemente do implante, consiste na inserção de um dente preservado sem função do próprio paciente, geralmente, um terceiro molar na área do dente que foi perdido.

Segundo Antônio José Pimenta, coordenador do CEO, o procedimento pode ser realizado de duas maneiras: pela técnica imediata, na qual o dente íntegro é implantado no local de um dente destruído em sessão única; ou, pela técnica mediata, realizada em duas sessões, uma para remoção do dente destruído e preparo do leito receptor e outra para o transplante do dente íntegro no local preparado anteriormente. “Com planejamento adequado, esse tipo de tratamento garante resultados maravilhosos e tem sido muito utilizado em nosso serviço por sua viabilidade e baixo custo, quando comparado ao implante dental convencional de titânio”, destacou o profissional.

De acordo com a supervisora Thais Freitas, especialista em Odontologia para Pessoa com Deficiência (PcD), o transplante dentário, por ser um procedimento cirúrgico, deve ser realizado com cautela. “Em 2019, implementamos o protocolo de Cirurgia Segura, algo inovador para a Odontologia no Brasil: a segurança do usuário é priorizada com checagens de dados antes, durante e após o procedimento”, afirmou.

Nos casos indicados de transplante dental, além do quadro profissional de odontólogos especialistas, o CEO do CIIR também dispõe de recursos materiais como radiografia panorâmica digital, radiografia periapical digital, sistema endodôntico rotatório e abordagem com sedação, que, quando necessários, tornam o atendimento muito mais eficiente.

Atendimento – Para que o usuário do CIIR seja referenciado ao CEO é necessário que ele se enquadre no perfil de Pessoa com Deficiência (PcD) e seja encaminhado por integrante da equipe multiprofissional. Além disso, podem ser encaminhadas PcDs externas ao CIIR, por meio do Sistema de Regulação (SISREG), às especialidades odontológicas de Endodontia, Cirurgia Bucomaxilofacial, Periodontia e Odontologia para Pessoa com Deficiência (PcD), esta última registrada no Conselho Federal de Odontologia (CFO) como Odontologia para Pacientes Com Necessidades Especiais (abrange também pessoas que necessitam de atenção para comorbidades ou condições sistêmicas, como renais crônicos, diabéticos, gestantes, entre outros).

O CIIR funciona na rodovia Arthur Bernardes, nº 1000. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 4042.2157 / 58 /59.

(Com informações da Ass. de Comunicação do CIIR).