Complexo Hospitalar, em Manaus, implanta protocolos da área assistencial

Complexo Hospitalar, em Manaus, implanta protocolos da área assistencial

(27/9/2019) O diretor assistencial corporativo do INDSH, Sérgio Luz, esteve em visita técnica ao Complexo Hospitalar Zona Norte (CHZN), para estruturar a área assistencial da unidade, que engloba a enfermagem, fisioterapia, nutrição clínica, serviço social e psicologia clínica).

Desde abril, foram promovidas ações com as diversas áreas do CHZN (que inclui o Hospital Delphina Aziz e UPA Campos Salles) para a formatação e implantação dos protocolos e rotinas assistenciais para as equipes multidisciplinares, agora sob responsabilidade da nova diretora assistencial das unidades é a enfermeira Geowanna Higino.

Trabalho integrado

Responsável pela implantação da diretoria assistencial do CHZN, o diretor corporativo assistencial do INDSH,  professor Sérgio Luz, se despede de Manaus (AM) deixando importantes aprendizados aos seus colegas.

Sérgio Luz é Enfermeiro (UCP/RJ), especialista em Administração Hospitalar e Mestre em Educação (Universidade Mackenzie/SP), e estava na capital amazonense desde abril para implantar e estruturar a direção assistencial da unidade.

Esse trabalho foi realizado de maneira integrada com as direções do complexo. Essa conexão proporcionou a formação de protocolos e rotinas assistenciais que trazem benefícios na operacionalidade dos serviços prestados aos pacientes atendidos nesta unidade, formando assim equipes de multiprofissionais de excelência.

Avaliações

A enfermeira Geowanna Higino, nova diretora assistencial do complexo, define a implantação feita por Luz como um processo estruturado e com continuidade que traz benefício não somente para o paciente, mas também para a equipe de atendimento. “É bonito ver a paciência dele em ensinar, ele não se cansa de ensinar e aprender, ele nunca impõe, ele empondera a equipe”.

Segundo Francisco Mingrone, diretor de logística e infraestrutura, a contribuição do professor Sérgio, foi de extrema importância para o funcionamento integrado de todas as áreas da gestão e valorização dos pacientes. “Nos ensinou muitas coisas, o espírito de colaboração e coleguismo, nós só temos a agradecer ao professor”.

De acordo com a diretora técnica Mayla Borba, a contribuição da experiência do professor Luz trouxe para dentro da unidade os valores do INDSH. “Hoje, a gente consegue ver de uma maneira bem palpável os valores da instituição, que é o desenvolvimento de pessoas, respeito à vida, aos pacientes e a humanização do atendimento”, explica Mayla. “Ele traz isso no seu modus operandi e conseguiu em pouco tempo fazer a estruturação de toda a diretoria assistencial, trabalhando de maneira integrada com a direção técnica”.

Reconhecimento

Segundo os colaboradores que conviveram com o professor Sérgio Luz durante este processo, o respeito dele como os profissionais esteve presente em cada atividade realizada, cada planejamento estratégico, nas reuniões e nas orientações, na linha do cuidado e na execução de cada detalhe. Por esse motivo os colaboradores são gratos e afirmam que cada lição nova foi válida.  Para o diretor administrativo financeiro Sebastião Bismarques, falar sobre o professor Sérgio é muito fácil. “Confesso que aprendi muito com ele, pela forma da condução dos trabalhos, ele me ajudou a crescer muito como pessoa e como profissional. Só tenho a agradecer ter conhecido uma pessoa como ele”.

O diretor executivo do CHZN, José Luiz Gasparini, em nome de todos os colaboradores, manifestou imensa gratidão ao professor, pela sua contribuição na implantação da direção assistencial.