Coordenadora de Enfermagem de HNSG ministra palestra a candidatos ao Conselho Tutelar de São Francisco do Sul (SC)
2 de julho de 2019
Crianças internadas em Hospital Regional do Marajó têm atividades juninas na brinquedoteca
5 de julho de 2019

Modelo de gestão do Hospital Jean Bitar, em Belém (PA), garante mais de 97% de satisfação em pesquisa com usuários

(4/7/2019) Dentro dos modelos de gestão praticados pelo INDSH, o Hospital Jean Bitar, em Belém (PA), colhe os resultados da Gestão Compartilhada, visando a qualidade dos serviços oferecidos aos seus públicos. Os resultados desse modelo estão sendo constatados nas pesquisas mensais realizadas com usuários. Em 2016, o índice de satisfação era de 93,71%, em um universo pesquisado de mais de 5.600 entrevistados. Em 2019, de janeiro a maio, os indicadores atingiram 97,78% de satisfação, para 6.152 pesquisas.

O modelo de gestão foi apresentado pela diretoria do HJB aos responsáveis por setores administrativos e da assistência ao paciente no inicio de 2017, para levar ao conhecimento de todos, sobre como era alocado o recurso do repasse do contrato de gestão e para alinhamento sobre como seria a atuação de cada um, a partir daquele dia, onde a missão de todos seria trabalhar com o foco na qualidade dos serviços ofertados aos usuários do hospital. Na reunião, os diretores do hospital mostraram que o recurso disponibilizado pelo o Estado para a gestão hospitalar é dividido por todos os centros de custos, onde eles ficam firmados anualmente, dentro de um orçamento programa da Unidade.

“Na primeira reunião, explicamos sobre a nossa necessidade de formá-los gestores, para que cada um deles passasse a enxergar o setor pelo o qual era responsável, como a sua própria empresa e, a partir de então, cada um passaria a atuar como diretor dela, com o objetivo de trabalhar da melhor forma possível, o recurso financeiro destinado mensalmente para cada gestor trabalhar. A partir de então, na última sexta-feira de cada mês, cada gestor presta contas sobre como os recursos foram utilizados, o que foi investido e no que foi investido e com qual objetivo, além de informar sobre o andamento de projetos e alinhamentos das estratégias de melhorias e planos de ação. Estamos muitos felizes com os resultados, que podem ser percebidos com o aumento dos índices de satisfação dos nossos usuários com o nossos atendimentos e serviços. Conseguimos alcançar o objetivo principal.”, destacou o diretor executivo, Giovani Merenda.

Com oito andares, o HJB dispõe de 70 leitos, sendo que 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, 40 destinados são destinados para atendimento das especialidades de Clínica Médica, Reumatologia, Endocrinologia, Pneumonia, Cardiologia, Endoscopia e Geriatria.

Outra parte dos leitos é para Cirurgia Geral. Os usuários contam com equipe de especialistas, estrutura, equipamentos e tecnologias de ponta, para cirurgias da parede abdominal e gástrica, incluindo bariátrica. Também são oferecidos serviços cirúrgicos para vias biliares e intestino.

 

Os comentários estão encerrados.