HGT: brinquedoteca completa quatro anos

HGT: brinquedoteca completa quatro anos

A Brinquedoteca do Hospital Geral de Tailândia (PA) completa em abril quatro anos de atividades, destinada a crianças e adolescentes internados. O espaço, implantado pelo Grupo de Trabalho e Humanização (GTH), dispõe de biblioteca, brinquedos, games, tablets e jogos educativos, em 10m², com monitores para atividades recreativas e lúdicas.

Coordenadora do GTH e do projeto Brinquedoteca, a pedagoga Ana Elizabett Souza, destaca os principais objetivos das ações lúdicas que são desenvolvidas. “O brincar é uma atividade essencial para a saúde física, emocional e intelectual do ser humano. A importância de brincar é uma realidade inquestionável, inclusive em hospitais, tendo em vista, que o leito  é uma experiência difícil: a criança tem que viver o afastamento da família, amigos, escola entre outras coisas”, pontuou a profissional.

Ela ressalta ainda, que a criança internada tem que mudar seus hábitos radicalmente e, dependendo da enfermidade, é privada de brincar, o que compromete o desenvolvimento e equilíbrio emocional, gera tristeza e uma resistência para aceitar o tratamento a ser submetida.

Ana Elizabett complementa que a Brinquedoteca é  uma estratégia de humanização que possibilita a criação de um ambiente que permite à criança se expressar e  relacionar. “Isso ameniza os sentimentos de angústias, tensões e ansiedades, através de desenhos e modelagens. É importante construir um espaço onde as crianças possam se sentir à vontade. Para a humanização hospitalar, a Brinquedoteca, é um projeto de melhoria da qualidade de vida, durante a internação das crianças”.

É lei – Brincar é um direito da criança, dever do estado, da família e da sociedade, amparado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pela lei federal 11.104, de 21 de março de 2005, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de Brinquedotecas nas unidades de saúde, que ofereçam atendimento pediátrico em regime de internação. 

O HGT possui 51 leitos e disponibiliza ainda uma Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) com nove leitos; sendo seis leitos adultos e três pediátricos. Os usuários que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) podem ter acesso aos serviços oferecidos pelo HGT por meio da Central de Regulação Municipal e os de urgência e emergência, em livre demanda, ou ainda, encaminhados pelo SAMU, Corpo de Bombeiro e Polícia Rodoviária.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do HGT).