HJB promove palestra sobre sintomas da doença de Alzheimer e humanização do cuidado

HJB promove palestra sobre sintomas da doença de Alzheimer e humanização do cuidado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Hospital Jean Bitar (Belém/PA) promoveu na terça-feira, 21, a palestra ‘Doença de Alzheimer e a Humanização do Cuidado’, dirigida a usuários e profissionais da unidade, alusiva ao dia mundial do tema. A palestrante foi a neurologista Milena Lins Veiga, com coordenação do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH).

“A doença de Alzheimer é uma das mais prevalentes no mundo. Corresponde a 80% dos casos de demência, mas o diagnóstico da doença acaba sendo muito tardio”, explicou a médica. “Além de informações sobre a doença, procurei enfatizar o cuidado desse paciente, que precisa de amor, de empatia e de uma equipe multiprofissional”.

Descrita pela primeira vez em 1906, pelo psiquiatra alemão Aloysius Alzheimer (1864-1915), a doença provoca demência ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), devido à morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família. É caracterizada pela piora progressiva dos sintomas, mas muitos pacientes podem apresentar períodos de maior estabilidade. A evolução dos sintomas pode ser dividida em três fases: leve, moderada e grave.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do HJB).