Hospital de Ipixuna do Pará promove palestra para crianças e adolescentes sobre cuidados com situações de abuso e exploração sexual
20 de maio de 2019
Hospital do Marajó capacita brigadistas e reforça segurança interna para colaboradores e pacientes
30 de maio de 2019

Hospital Regional do Leste realiza campanha de conscientização no trânsito em Paragominas para reduzir índices de acidentes

(23/5/2019) – O Hospital Regional Público do Leste (HRPL), em Paragominas, inicia nesta quinta-feira (23), uma programação que integra o Movimento Maio Amarelo. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da segurança no trânsito. As ações contam com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Municipal de Trânsito e Cidadania (Semutran) e a parceira da mineradora Hydro.

A unidade de saúde já realiza um projeto de educação no trânsito, “Parceria que Salva Vidas”, que é desenvolvido desde 2017 pelo Grupo de Trabalho e Humanização (GTH).

Segundo o diretor executivo do hospital de Paragominas, Júlio Garcia, os acidentes de trânsito constituem uma das principais causas de internações no Brasil, provocando, anualmente, milhares de óbitos. “Sem contar os pacientes que ficaram com limitações físicas e cognitivas para o resto de suas vidas. Por esse motivo, desde o início de suas atividades, a unidade realiza campanhas para a conscientização da sociedade, buscando um trânsito mais gentil”, destaca.

Júlio espera que a programação do Maio Amarelo repercuta e sensibilize a todos, “para, juntos, reduzirmos esses números que provocam tanto sofrimento em nossa sociedade!”.

O Hospital Regional, que presta assistência aos casos de média e alta complexidade, registrou, de janeiro a abril deste ano, 1.079 atendimentos no serviço de urgência e emergência, sendo 129 casos de traumatologia. Destes, 56 atendimentos foram prestados a vítimas de acidentes de trânsito: 54 referentes à moto e dois de automóveis.

Deyverson R. Magno da Silva, 26, faz parte dessa estatística. Há quase 30 dias internado no hospital de Paragominas, ele já passou por duas cirurgias e ainda não tem previsão de quando vai retornar para casa em Curitiba (PR).

No dia 27 de abril, em viagem ao Pará, Deyverson foi a principal vítima de uma colisão, que envolveu o veículo que ele estava e um caminhão. O acidente, que ocorreu durante a madrugada, na BR-010, próximo a Paragominas, teria sido causado pelo motorista do caminhão, que, ao dormir ao volante, atingiu a lateral direita do carro, durante uma ultrapassagem. Deyverson, que estava no banco do carona, fraturou a bacia e o fêmur. Duas pessoas que também estavam no veículo sofreram ferimentos leves.

“Apesar das circunstâncias, tive sorte de ter sido socorrido rápido e também de ser trazido pra cá. Foi realmente uma benção”, conta. “O pior de tudo mesmo é estar tão longe de casa e não receber uma visita. O parente mais próximo está à 350 km, aí fica difícil”, lamenta.

Deyverson permanece internado, sem previsão de alta, acompanhado da esposa Gisele Silva, que embarcou no mesmo dia de Curitiba e auxilia no tratamento do marido.

Acidentes em Paragominas – Dados da Semutran apontam que, entre 2017 e 2018, houve um aumento de 1,65% no índice de acidentes de trânsito com lesão corporal, em Paragominas (1.960 e 1.993, respectivamente). Ainda, segunda a secretaria, entre os dois referidos anos, houve uma redução de 60% nas mortes. A incidência dos acidentes, no município, chega a 46% no período noturno, enquanto a somatória dos períodos da manhã e da tarde é de 54%. Mais da metade dos registros ocorreu nos finais de semana.

Programação:

Dia 23 (quinta-feira): das 8h30 às 9h30 – Blitz na Praça Célio Miranda

Dia 28 (quarta-feira): 8h30 às 10h – Blitz na BR-010/Bairro Nagibão

Dia 29 (quinta-feira): 7h30 – Palestra para usuários e colaboradores no HRPL. Apoio PRF.

Maio Amarelo  É um movimento internacional que originou-se durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas, em março de 2010, que editou uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

Sobre o HRPL – O Hospital Regional Público do Leste (HRPL) completa, em agosto, cinco anos de atividade, tendo registrado ao longo desse período, grandes avanços em prol da melhoria da qualidade, segurança e humanização na assistência prestada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade presta assistência de média e alta complexidade aos usuários de 23 municípios do nordeste paraense – uma população estimada 900 mil habitantes. Referência no atendimento às vítimas críticas em Acidente Vascular Cerebral (AVC), no Pará, o hospital passou a ser habilitado, em 2018, a realizar cirurgias oncológicas para câncer de colo do útero, de mama, ovário, pâncreas, reto, intestino e câncer de estômago.

De janeiro a março deste ano, a equipe multidisciplinar garantiu a realização de 52.214 atendimentos, entre eles, consultas ambulatoriais, urgência-emergência, exames gerais, transfusões de sangue, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço social, psicologia, fonoaudiologia e cirurgias.

Os atendimentos impactaram positivamente nos indicadores que demonstram a importância do hospital de Paragominas para uma assistência cada vez mais efetiva e segura no nordeste paraense. O Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), que realiza pesquisas diárias, registrou, nesse mesmo período, a média de 99,54% do índice de satisfação dos usuários do HRPL.

Serviço: O Hospital Regional Público do Leste (HRPL) está localizado na rua Adelaide Bernardes, s/n, bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos telefones (91) 3739-1046 / 3739-1253 / 3739-1102.

Por Mikaella Moraes.

 

Os comentários estão encerrados.