Hospital Regional do Marajó promove Pedalada Ecológica e distribuição de mudas

Hospital Regional do Marajó promove Pedalada Ecológica e distribuição de mudas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), no município de Breves, no Arquipélago do Marajó (PA), promoveu a Pedalada Ecológica no encerramento da programação alusiva à Semana do Meio Ambiente. Funcionários do hospital e moradores participaram da ação e receberam mudas de ipê, mamoeiro e laranjeira na última sexta-feira (10). 

“Falar sobre meio ambiente é fazer referência a todos os recursos naturais necessários para a sobrevivência e o desenvolvimento da sociedade. Durante esses dias, a nossa programação se preocupou em demonstrar as mudanças climáticas e como isso tem impacto no mundo inteiro. Também demostrou que podemos preservar o meio ambiente através de cultivo e plantações”, disse Leila Soares, da Comissão de Sustentabilidade do HRPM, que organizou a ação. “A pedalada também teve o objetivo de incentivar o meio de transporte que não emite gases prejudiciais ao meio ambiente e à vida”, acrescentou. 

A autônoma Jandira Barbosa dos Santos, 65 anos, que reside em Breves, participou da pedalada ecológica e aprovou a iniciativa. “Eu já tenho o hábito de pedalar e gostei muito da atitude do Hospital Regional em fazer essa ação para estimular as pessoas a usarem mais a bicicleta e evitar a poluição do meio ambiente. Achei muito legal, me diverti. Antes, esse era o meio de transporte mais usado. Agora tem os outros veículos, mas eu continuo sempre usando a bicicleta”, contou. 

Alimento saudável e outras práticas sustentáveis – O Hospital Regional do Marajó desenvolve projetos voltados à preservação do meio ambiente, como o “Horta Hospitalar”, realizado em parceria com a comissão do Plano de Gerenciamento de Resíduos e Serviços de Saúde (PGRSS), desde 2012. A horta tem 180 metros quadrados, produz 80% dos legumes consumidos no Hospital e ajuda a manter uma dieta saudável e balanceada. O HRPM também aderiu ao Projeto “Guardião Azul”, que incentiva práticas de preservação do meio ambiente, e à campanha “Corrida Ambiental”, que reúne 65 passos sobre gestão sustentável.