Hospital Geral de Ipixuna do Pará completa um ano com quase 100% de satisfação por parte da população
1 de outubro de 2019
Hospital Delphina Aziz, em Manaus (AM), promove eleição de Comissão de Ética Médica
7 de outubro de 2019

Hospital Regional em Paragominas lança campanha pública e oficina de combate ao AVC para profissionais da região

(3/10/2019) – O Hospital Regional Público do Leste, em Paragominas (PA), deu início no dia 2 de outubro à campanha ‘Tempo é Cérebro’, de prevenção ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), que se estenderá durante todo o mês.

Além disso, o hospital, referência em tratamento da doença, realizará durante todas as quintas-feiras de outubro a oficina ‘Protocolo do AVC’, voltada para os profissionais de saúde dos 23 municípios da área de abrangência da unidade, tendo como objetivo melhorar a assistência às vítimas de AVC.

“É de extrema importância para os municípios por ser tratar de atendimento com muita resolutividade para o paciente. Nossas equipes, de regulação e de enfermagem, participarão da oficina pois quanto mais informações tivermos, melhor para os nossos pacientes”, afirmou Adonias Correa, superintendente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paragominas.

O Dia Mundial de Combate ao AVC é celebrado no dia 29 de outubro. A data serve para alertar a população em geral sobre os perigos da doença que é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo.

De acordo com o diretor Executivo do HRPL, Júlio Garcia, eventos como o do lançamento da campanha do AVC, combinado com as capacitações que serão realizadas no HRPL, reforçam o compromisso não apenas em promover saúde com qualidade, segurança, ética e humanização, “mas também, em expandir o conhecimento dos profissionais de saúde e usuários dos municípios da área de abrangência, possibilitando aumento das medidas preventivas, a detecção e o acesso do paciente com AVC em tempo hábil de realizar a trombólise no hospital. O AVC é a doença com maior índice de óbitos no Brasil e não podemos negligenciá-la”, explica.

Os comentários estão encerrados.