HRPM: médico recebe homenagem de entidade por trabalho contra covid no Marajó

Médico Andrè Ramos Noronha (à esq).

HRPM: médico recebe homenagem de entidade por trabalho contra covid no Marajó

O diretor técnico do Hospital Regional Público do Marajó (Breves/PA), André Ramos Noronha, recebeu a medalha ‘Jubileu de Prata’, concedida pela Associação Brasileira das Forças Internacionais da Paz (ABFIP). Conhecida como ‘boinas azuis’, as forças foram criadas em 1956 pelo presidente Juscelino Kubitschek, para integrar a Força de Emergência da Organização das Nações Unidas (ONU) no Egito. A partir daí, estiveram em países em conflito ou situações de risco da América Latina, África, Leste Europeu e Oriente. Para preservar a memória dos ex-combatentes, a ABFIP surgiu em 1985, detentora do Prêmio Nobel da Paz nos anos de 1988 e 2001.

A honraria só foi concedida a três médicos até agora. “O doutor André vai representar toda a classe médica que combateu a Covid-19 nesse período de pandemia aqui no Marajó’’, informou o responsável pela ABFIP na região Norte, comandante Assad Scaff.

Para o médico, paulista de nascimento, há oito anos no Regional do Marajó, essa premiação é um reconhecimento pelo trabalho prestado por todos que fazem parte da unidade hospitalar. “Dedico essa homenagem aos meus filhos André e Fernando, a minha esposa Márcia e, em especial, a todos os colaboradores do HRPM, que juntos proporcionamos condições de realizarmos um atendimento diferenciado, humanizado, com qualidade e com segurança’’, ressaltou. 

Para a diretora Executiva do HRPM, Rejane Xavier, “há mais de oito anos ele tem se dedicado com muito carinho e profissionalismo aos usuários que buscam atendimento no HRPM, fazendo toda diferença na vida da população marajoara” destacou. 

O HRPM integra a rede de saúde do governo do Estado. A unidade presta assistência de média e alta complexidade para aproximadamente 300 mil habitantes do sudoeste marajoara, que compreende os municípios de Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel. 

(Com informações da Assessoria de Comunicação do HRPM).