HSVP recebe doação de nova autoclave com barreiras para a CME

HSVP recebe doação de nova autoclave com barreiras para a CME

O Hospital São Vicente de Paulo (Campina Verde / MG), unidade própria do INDSH, recebeu na semana passada doação de uma nova autoclave com barreiras para atender as demandas da Central de Materiais Esterilizados (CME), entregue pela prefeitura local. A entrega contou com a presença de autoridades locais, como o prefeito Helder Carneiro (SD), recepcionados pela diretora executiva Clemência Souza e lideranças da unidade.

A entrega do equipamento hospitalar foi um compromisso da administração municipal, firmado em dezembro de 2021, quando da entrega das obras de reforma e ampliação do hospital realizado pelas Irmãs Filhas da Caridade em atendimento as exigências da Vigilância Sanitária.

Estiveram presentes também o vice-prefeito Alan Couto (SD), o secretário municipal de saúde Miguel Ângelo, a coordenadora administrativa do HSVP Gabriela Souza, o vereador Vanderlei Ferreira, o captador de recursos do hospital João Elias, além da médica Débora Balduino e da enfermeira do hospital Renata Oliveira.

Mais moderno e com maior capacidade, o equipamento agilizará esterilização de materiais de materiais médico-hospitalares.

Importância

O sonho do novo equipamento é uma demanda antiga do hospital, que há mais de 30 anos vem realizando os procedimentos de esterilização de materiais médicos-hospitalares, tanto de uso do próprio hospital quanto das unidades de saúde do município em um equipamento que não atende mais as exigências da Vigilância Sanitária e necessita de manutenções constante.

A diretora executiva do INDSH Clemencia Souza, fez questão de agradecer o empenho e dedicação da administração municipal para a aquisição do novo autoclave.

O novo equipamento, de maior capacidade e mais moderno, vai agilizar e dar maior segurança nos processos de esterilização de materiais médicos e hospitalares, proporcionando entrada e saída diferenciada desses materiais.

O novo autoclave vai estar em funcionamento em breve, uma vez que a CME já foi toda adequada para receber o equipamento com maior capacidade para o serviço de esterilização de materiais no município de acordo com as normas da Vigilância Sanitária.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do HSVP).