Inovação e pioneirismo: CIIR comemora quatro anos na assistência a PCDs

Inovação e pioneirismo: CIIR comemora quatro anos na assistência a PCDs

O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (Belém/PA) está comemorando quatro anos em 30 de maio, com um perfil inovador e pioneiro no atendimento às Pessoas Com Deficiência (PCDs) na região Norte do país.

Nesse período, a equipe multiprofissional do CIIR realizou mais de 747 mil atendimentos para pacientes com deficiência física, auditiva, visual e intelectual de todas as faixas etárias, com atendimento ambulatorial e odontológico, exames, reabilitação, Núcleo de Atendimento ao Transtorno do Espectro Autista (Natea) e Oficina Ortopédica.

A data foi marcada com evento no auditório da instituição que reuniu profissionais, usuários e acompanhantes, além de apresentações culturais e atividades lúdicas.

Gestão

Ao fazer uma avaliação das principais conquistas alcançadas, ao longo desses quatro anos, a diretora Executiva, Paola Reyes, aponta o modelo de cuidado centrado na pessoa. “O CIIR trouxe uma transformação para todos, usuários e equipe multiprofissional, inclusive, na reabilitação no Estado”, diz ela. “Isso tem feito que outras unidades de assistência também reestruturem seu modelo de cuidado, usuários já percebem como cuidado integral é benéfico”, ressaltou a gestora.

Para o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, os serviços oferecidos no CIIR são agentes de transformação no cotidiano dos usuários. “Este momento serve para refletir e reconhecer que estamos no caminho certo e temos essa certeza porque nossos pacientes nos mostram isso, pois desenvolvem atividades que envolvem integração, mudança de vida e adequação do desenvolvimento ocupacional”, destacou.

Excelência

O CIIR conquistou certificações importantes nesses quatro anos, pela excelência da gestão: Certificação Qmentum International IQG; Selo Verde Instituto Chico Mendes; Selo Ouro Programa GHG Protocol; e Credenciamento Pronas.

Estrutura de atendimento 

Os usuários podem ter acesso aos serviços por meio de encaminhamento das unidades de Saúde, acolhido pela Central de Regulação de cada município, que por sua vez encaminhará à regulação estadual.

A estrutura do complexo

  • Centro Especializado em Reabilitação.
  • Oficina ortopédica para confecção, adaptação e manutenção de próteses e órteses.
  • Centro de Especialidades Odontológicas.
  • Prédios estruturados para receber PcDs.

Serviços

  • Atividades laborativas, de lazer, artística, cênica e educação em saúde.
  • Biblioteca para Braille e Libras (Língua Brasileira de Sinais).
  • Duas piscinas para hidroterapia e mecanoterapia.
  • Ginásio terapêutico.
  • Apartamento individual para atividade diária.
  • Auditório com capacidade para 100 lugares.
  • Disponibilidade de transporte, por meio de veículos adaptados, que garante o acesso da pessoa com deficiência aos pontos de atenção da rede.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do CIIR).