Metropolitano: crianças internadas participam de oficina de preparo de biscoitos

Metropolitano: crianças internadas participam de oficina de preparo de biscoitos

O Hospital Metropolitano (Ananindeua / PA) promoveu no dia 23 de dezembro uma oficina de preparação de biscoitos, destinada às crianças internadas na unidade. Batizada de ‘Um Doce Com Afeto’, o projeto foi organizado pela equipe de nutrição clínica, em parceria com o setor de Humanização.

Diversão: ideia é trazer espaço lúdico para as crianças.

Os pequenos pacientes puderam produzir e rechear biscoitos com formas de personagens natalinos como, por exemplo, o Papai Noel, as renas e os bonecos de neve.

Interação: equipes multidisciplinares ajudam na recuperação.

“Nossa ideia foi tirar eles do ambiente de internação, que é necessário para o cuidado, e trazê-los para um espaço lúdico, divertido onde todos puderam colocar para fora a criatividade”, pontuou a coordenadora de Nutrição Clínica do HMUE, Edilssa Carla.

Qualidade na assistência – O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência é referência no Norte do Brasil para o atendimento a vítimas de traumas de diversas complexidades e o único da região com um Centro de Tratamento de Queimados (CTQ).

Com 208 leitos e uma equipe atenta ao cuidado emergencial, dentro da unidade há, ainda, a preocupação com atividades mais humanizadas que, além da melhora física, oportunizam momentos importantes para o fluxo do tratamento.

“Durante a internação, é interessante que haja uma interação entre várias áreas como, por exemplo, a humanização, o psicossocial e nutrição que oportunizarão atividades fora do contexto somente do tratamento clínico, que envolve medicações com intervenções invasivas”, explicou a coordenadora Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP) do Hospital Metropolitano, Jéssica Pinho.

(Com informações da Ass. de Comunicação HMUE).